Home > In the News > BBC Brasil: Agressões em casa, discriminação e risco de morte: os dramas das ‘refugiadas’ trans brasileiras

Por Gabriela Loureiro | 23 novembro 2016

Sofia (nome fictício) aguarda uma decisão do Departamento de Imigração dos Estados Unidos em relação ao seu pedido de asilo feito em março deste ano. O processo traz detalhes sobre sua vida como mulher trans e sobre a perseguição a transexuais no Brasil.

Entre 2008 e 2016, segundo dados compilados pela Transgender Europe, uma organização com sede na Europa, foram registrados 900 assassinatos de pessoas trans no Brasil, quase metade de um total global de 2.016 reportados no mundo inteiro.

Com apenas 2,8% da população mundial, o Brasil responde por 46,7% dos homicídios registrados de pessoas trans em todo o mundo.

  • O que pensam os gays que apoiam Bolsonaro e rechaçam Jean Wyllys
  • BBC lança projeto 100 Women para celebrar mulheres inspiradoras (em inglês)

Se o pedido for acatado, Sofia pode ser mais uma entre o crescente número de pessoas que conseguem asilo nos Estados Unidos por perseguições em seus países de origem por conta da discriminação de gênero.

Leia a história completa aqui.